Os 14 melhores lugares para viajar em 2018

0
790

De uma ilha remota até capitais movimentadas, estes destinos agora são considerados os melhores de 2018. Comece a planejar sua viagem!

Os viajantes de hoje estão mais conscientes sobre tudo o que o mundo tem a oferecer. É emocionante ser confrontado com tanta possibilidade – mas também assustador. Por esse motivo, é muito importante tirar todas as dúvidas com seu agente de viagens.

Os destinos da lista a seguir foram selecionados pensando nos destinos que estão se reinventando, garantindo que haja sempre algo novo a ser explorado.

1 – Šolta, Croácia

O Mar Adriático é uma joia rara, sendo que a Croácia é o lar de mais de 1.200 ilhas. O passeio para conhecê-las pode ser feito de iate ou ferry boat público. Em 2018, isso está definido para mudar, pois agora com o app “UberBOAT” (o popular aplicativo de compartilhamento de viagens) os viajantes podem fazer passeios privados ao longo da Costa da Dalmácia.

Šolta é sinônimo de natureza intocada (praias de cascalho, águas turquesas, vegetação exuberante), vilas medievais, vinificação e fornecedores de óleos de gerência familiar.

2 – Greenville, EUA

Foto: Jon Lovette/Getty Images

A cidade em breve será o lar de um restaurante Sean Brock, com pratos baseados em diversas culturas e um salão de mercado. Outra adição recente inclui o modesto salão Speakeasy Vault & Vator. É uma impressionante coleção de restaurantes de qualidade para uma cidade de pouco mais de 67 mil habitantes.

3 – Los Cabos, México

Los Cabos, município localizado na ponta da península de Baja, abrange duas pequenas cidades coloniais: Cabo San Lucas e San José del Cabo, que tornaram-se os destinos de férias mais populares no México nos últimos anos. Com largas praias, discotecas animadas, resorts luxuosos e um grande leque de opções alimentares.

Várias marcas cinco estrelas estão chegando em 2018 por lá, incluindo o Zadún, o Four Seasons Los Cabos, Montage Los Cabos, Nobu Hotel, entre outras.

4 – Egito

Conflitos políticos e problemas econômicos têm afetado a indústria de turismo do Egito nos últimos anos, mas os viajantes terão logo um novo motivo para ir até lá. Nas planícies áridas de Gizé, não muito longe das Grandes Pirâmides, um monumento moderno está em construção há mais de duas décadas. O Grande Museu egípcio mostrará os melhores tesouros dos faraós – incluindo o corpo e a máscara funeral dourada de Tutancâmon – em uma estrutura gigantesca.

O museu terá mais de cem mil artefatos, incluindo peças atualmente armazenadas nos cofres do Museu Egípcio do Cairo. Em 2018, o novo museu estará parcialmente aberto e os visitantes podem mergulhar com uma vista majestosa da Pirâmide de Menkaure e da Grande Pirâmide de Khufu.

5 – Marraquexe, Marrocos

A cidade marroquina atrai uma multidão artística desde a década de 1960. Agora, o cenário cultural da cidade está sendo revigorado, graças a dois acontecimentos históricos. Primeiro veio o lançamento do Museu YSL, um impressionante edifício geométrico ao lado do Jardin Majorelle. E depois, a Feira de Arte Africana Contemporânea.

Agora, o Hotel Oberoi está preparado para abrir, será um resort na beira do lago, cercado por pomares cítricos. Além disso, Royal Mansour adicionou uma piscina de 6.450 metros quadrados, ladeada por sete cabanas com ar-condicionado.

6 – Ilhas Fiji

Não é nenhum segredo que Fiji é o lar de algumas das paisagens mais espetaculares do mundo – praias com palmeiras, águas cristalinas, que contêm recifes coloridos e costas acidentadas, cobertas de vegetação.

Se você gosta de mergulhar, pode desfrutar do Great Astrolabe Reef, que está repleto de corais caleidoscópicos e vida marinha exótica (tubarões, raias e golfinhos), no quintal do resort.

7 – Foz do Iguaçu, Brasil

Com 257 mil habitantes é a 7ª maior cidade do Paraná em diversidade técnica e cultural. A região faz fronteira com Paraguai e Argentina. Aproveite Foz para explorar o Parque Nacional do Iguaçu, que tem 185 mil hectares de área de Mata Atlântica, considerado Patrimônio Natural da Humanidade desde 1986 pela UNESCO.

Os passeios na Mata Atlântica têm vistas de tirar o fôlego e os turistas interagem com a natureza em uma trilha de 9km de estrada de chão, que pode ser feita a pé, jipe ou bike. Em seguida, uma embarcação navega pelas águas do Rio Iguaçu até o arquipélago das taquaras, com alternativas de passeios em ducks (versão de caiaque inflável). Lembrando que, a viagem é muito segura com guias acompanhantes.

8 – Ilha de Salina, Itália

De todas as ilhas que compõem o arquipélago eólico da Itália, Salina é indiscutivelmente o mais sedutor. Uma ilha intocada de imponente beleza natural – montanhas íngremes cobertas de árvores florescentes e flores silvestres, pequenas aldeias de oliveiras e limoeiros, figueiras e milhas de vinhas.

9 – Montenegro, Balcãs

Foto: Glenn van der Knijff/Lonely Planet Images/Getty Images

A antiga cidade de Kotor está atraindo muitos visitantes. Os turistas encontram por lá diversas construções medievais. Mais a oeste do litoral é o onde se instalará o One & Only Portonovi, será o primeiro posto avançado europeu da marca. Os planos para o resort, situado em um local de 60 hectares com vista para o Adriático, incluem 140 vilas e residências, um clube de tênis e um spa.

10 – Toronto, Canadá

propriedades e restaurantes luxuosos em toda a cidade: o hotel Broadview é um exemplo, os quartos dos hóspedes têm placas de vinil e cortinas de veludo de Borgonha.

Brothers Food + Wine, alojado dentro de um indescritível espaço logo acima da estação de metrô da Bay Street, apresenta deslumbrantes pratos sazonais, como trutas crocantes com alface, gemada estofada, molho de iogurte e alcaparra.

11 – Irlanda

Se ainda não fez essa viagem, agora é hora. Em agosto, o Castelo de Slane, no Condado de Meath, abriu sua nova destilaria para o público.

Outra novidade é que agora Luas, o sistema ferroviário de Dublin, finalmente completou sua mais recente expansão. O projeto de US$ 433 milhões uniu duas linhas e adicionou novas paradas nos pontos turísticos populares do centro da cidade.

12 – Bangkok, Tailândia

O turismo tailandês é robusto: mais de 21 milhões de visitantes internacionais entraram na capital em 2016.

Para acomodar todas as chegadas, a metrópole acolhe um belo número de novos hotéis no próximo ano. O Waldorf Astoria Bangkok terá um spa, um bar na cobertura e uma piscina ao ar livre com vista para o Royal Bangkok Sports Club. E para os amantes da arte, há muitos novos espaços criativos multiusos para explorar, incluindo o Centro de Criação e Design da Tailândia, que acabou de se mudar para um antigo posto geral da histórica Charoen Krung Road.

13 – The Berkshires, EUA

The Berkshires abriga instalações de artistas, como James Turrell, Louise Bourgeois e Jenny Holzer. Lá, dois novos museus estão em obras, um deles mostrará obras de Frank Gehry e Zaha Hadid, todas construídas em miniatura como parte de um elaborado sistema de trem-modelo.

14 – Lake Nagambie, Austrália

Apenas uma hora e meia ao norte de Melbourne, Nagambie Lakes é uma das mais antigas áreas de viticultura da Austrália. O destino tem sido considerado um ótimo lugar para atividades ao ar livre – esqui aquático, remo e vela – e visita à vinícolas de renome. Conheça esse incrível destino!

Fonte: www.travelandleisure.com

DEIXE UMA RESPOSTA